29 de nov de 2010

ENTRE A CRUZ E A ESPADA

Mateus G. Cesimbra


Viver pela cruz ou pela espada, essa é a questão que o Evangelho coloca diante de nossos olhos.

Você decide! A cruz ou a espada. A entrega pela causa do amor, ou a agonia e a dor daqueles que sofrem a fim de saciar seus fins próprios.

A cruz que ilumina o caminho na causa do bem é a mesma que Cristo a preço de espada padeceu por todos nós. Ainda há o sangue que verteu por causa de nossas afiadas espadas. Porém é por esta cruz, que mesmo nós não sendo merecedores, podemos e somos resgatados.

Paulo, o grande apostolo e proclamador da Verdade de Jesus, muito andou pelas sombras e pelo caminho afiado da espada, e por muito tempo o sangue de Cristo escorreu por sua espada, até que este mesmo sangue o tocou, e a espada tornou-se cruz.

De assassino a proclamador da Fé! De guerrilheiro das trevas a profeta de Luz.

A espada pode lhe conceder imensas vitórias, mas jamais lhe dará a eternidade. A espada se corrói, e a cruz é infinita em sua vida. A espada mata, a cruz vivifica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual a sua opinião sobre este artigo? Comente a vontade!