29 de mai de 2014

Viver é a Graça!




Poderia meramente existir... Ser mais um no mundo, sentado com a boca escancarada, cheia de dentes, no trono de um apartamento esperando a morte chegar, como diria o mestre Raul Seixas.

Poderia! Mas não foi isso que Deus planejou para minha vida, ou melhor, esse não é o plano Dele para ninguém. A vida é o presente maior que Deus poderia nos dar. 

Pense bem, Ele foi o responsável por criar toda a beleza que há no mundo: os mares, as florestas, as cachoeiras, os pássaros, a terra, as fontes de águas cristalinas... Enfim, toda a beleza e imensidão de Deus estão presentes na criação, e vejam só, Ele nos privilegiou quando nos escolheu para fazer parte e desfrutar disso tudo.

Ok, talvez você diga que esse papo é coisa de ambientalista. Não é! Além das coisas que disse, Ele também nos deu os bons sentimentos. Não é bom amar alguém? Não é bom sentir-se amado? Vou além, Ele nos deu dons, talentos, criatividade...

Claro, há quem não saiba usar isso, mas garanto que a culpa não é de Deus. Ele nos dotou de inteligência, raciocínio, sentimentos, e por mais incrível que possa parecer também nos deu o direito de escolha em relação a tudo. Somos herdeiros da liberdade!

O mundo não vai bem? Talvez o mundo dos outros não vá. Você, com toda a capacidade que Deus lhe deu, pode muito bem ter o seu mundo paralelo. Fazer da sua vida um mundo a parte. A vida é individual, cada um tem e faz da sua o que quiser, porém nada lhe impede de fazer da existência um pedacinho do paraíso para si e para os outros. Deus já lhe deu o material e a capacidade, basta vontade. 

Não é preciso grana, riqueza e todas essas coisas que vêm de nós e não Dele. Precisamos apenas de sensibilidade para os olhos da alma.

Que essa seja a nossa oração! Sensibilidade para viver e dar sentido a vida de quem não consegue enxergar motivos para a existência.

A Graça de Deus está na vida!


É assim que eu creio,
Mateus.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual a sua opinião sobre este artigo? Comente a vontade!