23 de out de 2010

Sendo só fissura, ou loucura. Quem sabe casando cura. Ninguém sabe o que procura.
Faça uma novena, reze um terço. Caia fora do contexto, invente seu endereço.
A cada milágrimas sai um milagre.

Mas se apesar de banal. Chorar for inevitável. Sinta o gosto do sal.
Sinta o gosto do sal. Gota a gota, uma a uma. Duas, três, dez, cem mil lágrimas, sinta o milagre.
A cada milágrimas sai um milagre.”


Itamar Assumpção e Alice Ruiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual a sua opinião sobre este artigo? Comente a vontade!