31 de jul de 2011

Os dias cinzentos das nossas almas!

por Mateus G. Cesimbra




Às vezes a alma está como cinzentos dias chuvosos de inverno. Estamos cheios de rancor, de mágoas... O coração recebe uma enxurrada de lama e água suja, o que nos faz mal e também a quem amamos. Nesses dias somos capazes de enlouquecer qualquer um!

Por vários motivos, entulhamos tudo o que nos faz mal dentro da alma como se fosse uma grande lata de lixo, e ali criamos uma verdadeira fonte maligna de ódio, tristeza e decepções.

Isso machuca a alma, isso sangra a vida de qualquer um. Ainda não aprendemos a colocar esses fardos diante de Deus, afinal o Evangelho é isso. O Evangelho é justamente o socorro e o alento que Jesus, e somente Ele pode proporcionar.

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” Mateus 11:28-30.

O convite que Jesus faz, é o de trocarmos com ele esse fardo que nos mata dia após dia, pelo seu fardo de vida em abundância.

Muitos procuram este alívio em fontes secas, e ao se depararem com o engano, aquilo que os atormentava, acaba por se tornar mais pesado ainda. Vemos pessoas que procuram no álcool e nas drogas o alívio para lavar suas almas, e acabam se destruindo e destruindo também aqueles que os amam.

Jesus nos oferece a sua vida e o seu sangue para nos limpar, basta crermos Nele e colocarmos nossas vidas nas mãos Dele.

“Porque o Cordeiro que está no meio do trono os apascentará, e lhes servirá de guia para as fontes das águas da vida; e Deus limpará de seus olhos toda a lágrima”. Apocalipse 7:17.

Jesus te convida para a VIDA... saia dos caminhos da morte e venha para Cristo”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual a sua opinião sobre este artigo? Comente a vontade!