22 de nov de 2012

Desabafando sobre o desabafo!


por Mateus Goethel Cesimbra






Desabafar aquilo que está trancado na garganta não é fácil. Não é nada fácil dizer aquilo que se quer dizer e arcar com as conseqüências do que foi dito. As palavras provocam, insinuam, abrem e fecham portas, constroem e destroem relações. Opinar, apontar, criticar, tudo isso faz parte da vida de quem não suporta ficar calado diante da injustiça, da maldade que habita a vida de algumas pessoas e amedrontam outras. Como se calar quando as coisas acontecem diante dos seus próprios olhos? Seria um ato de crueldade não alertar os desavisados. Mas isso tem um preço!

Nem sempre quem desabafa é compreendido. É julgado ferozmente pelos ditos senhores da razão. Assim como Jesus foi condenado pelos escribas, como Paulo habitou prisões por falar a verdade, hoje se fosse possível haveria pessoas que com certeza condenariam aqueles que simplesmente falam o que é. Não quero me referir somente ao meio religioso, mas a sociedade como um todo não suporta a verdade. 

Na religião, por exemplo, os evangélicos ficam irritadíssimos quando alguém diz que tem pastor manipulador que somente possuí interesse no dinheiro das suas ovelhinhas, e ainda lhe condenam dizendo que você é o rebelde, o revoltado e que deveria apenas orar pelo santo homem de deus, ao em vez de ficar falando essas coisas. Ah, faça-me o favor! Uma coisa é crer na verdade, Jesus, que por sinal é o único santo que conheço. Vir com essa historinha que pastor é representante de Deus é balela. Tem gente que parece ter prazer em ser burra.

Citei o exemplo evangélico porque é o meio que conheço no arraial religioso. Sei que vai muito além. Mas esse tipo de coisa também ocorre quando o assunto é política, afinal tem gente matando e morrendo por causa de políticos, vergonhoso! Político bom não precisa de defensor no meio da sociedade, ele é o defensor do povo. Esses caras que gostam que o povão compre sua briga com certeza possuem o rabo preso, ou então nunca souberam o que é política. Agora se alguém disser para uma dessas pessoas que ela não precisa brigar por causa do seu partido ou candidato, você mais uma vez terá que ouvir um baita sermão.

Será que tem gente com dificuldade de raciocínio ou é sado masoquista mesmo? Realmente não entendo como a verdade escancarada, dita, falada, apontada, mostrada não entra na cabeça de alguns. Esse é o dilema de quem vê e não consegue se calar, decepção!



Um comentário:

  1. Belo texto Mateus!
    Minha opinião a respeito dos pastores acima citados é a seguinte: Não devemos nos calar perante os "falsos profetas", porém, precisamos ter prudencia e certeza em nossos comentários... Precisamos ter certeza de nossos comentários e cuidar de para quem estamos falando. Querendo ou não, até mesmo o pastor mais sem vergonha, pode ter ovelhas que ganharão a salvação, por conta disso, temos cuidar para não "desvirtuar" esta tal ovelha. Precisamos cuidar de nossas palavras. Quanto a isso não temos este problema... :D
    Cara, tive um pouco afastados do blog por causa de uns probleminhas no meu PC e agora, to de volta... Teu blog continua muito bom! Que Deus continue te abençoando com Graça! Abraços...

    ResponderExcluir

Qual a sua opinião sobre este artigo? Comente a vontade!