23 de jul de 2013

E se Jesus fosse um “evangélico sem evangelho”?

POR MATEUS GOSTHEL CESIMBRA



Ele não iria nascer em uma manjedoura, mas em um palácio cheio de ouro e luxo...

Ele não iria desafiar os mestres “ungidões” do templo quando era ainda uma criança, afinal, não tocaria em um ungido de deus...

Não se conformaria em ser um simples carpinteiro, já que era o filho de Deus deveria ser cabeça e não calda...

Não aceitaria que um cara tido como louco, João Batista, o batizasse...

Descontente com os mestres do templo construiria seu próprio império religioso e provavelmente se chamaria “IGREJA MUNDIAL DO FILHO DE DEUS”...

De forma alguma as pessoas poderiam sair atrás dele querendo tocá-lo, pois para isso haveria as reuniões e as toalhas suadas a venda. Atendimento, só com hora marcada...

Jamais iria se assentar a mesa com adúlteros, prostitutas e pecadores da pior espécie, mas participaria de jantares e eventos com os políticos e grandes empresários da época...

Muito menos seria amigo de uma prostituta, essa ele já teria condenado...

Iria fazer com que cada discípulo liderasse um templo e prestasse contas dos re$ultado$ do investimento...

Diria ao povo que não se revoltasse com as injustiças, afinal, o rei era seu amigo e poderia lhe ser útil...

Diria que a visão é mais importante que o amor...

Lançaria diversos livros de auto-ajuda e abrira uma editora...

Ao em vez de reuniões informais na rua mesmo, ou sermões como o Sermão do Monte, promoveria congressos onde traria alguns artistas “góspis” da época para animar a platéia, convidaria seus amigos para pregarem sobre prosperidade e lucraria uma boa grana com a entrada do povo no local no evento...

Com certeza usaria as melhores roupas e badulaques da época, afinal, líder tem que estar na estica...

Teria os melhores jumentos da época, todos zero km e completos...

Diria que quanto mais ofertassem em sacrifício, mais deus teria obrigação com o povo...

Apontaria aos não dizimistas chamando-lhes de ladrões...

Diria ao jovem rico: se queres me seguir, dá-me tudo que tens e venha...

Teria um programa na TV onde faria grandes negócios e manipulações, isso se tivesseTV na época...

Lideraria um movimento cujo objetivo seria o de exterminar todos os gays da face da terra sem piedade...

Ensinaria que a vitória tem sabor de mel e que aqueles que não lhe ajudaram serão amaldiçoados, isso porque você é um crente dizimista, ofertante e participa de todas as correntes da igreja...

Faria um evento chamado “MARCHA COM JESUS” para fazer politicagem e colocar algumas jogadas de interesses alheios em prática...

Estaria cercado de bajuladores o tempo todo...

Teria empresas fantasmas para lavar dinheiro da igreja...

Estaria na lista dos homens mais ricos da sua época...

Se acharia o mais influente dos homens...

Não iria morrer na cruz por nós, afinal, aqueles que o condenaram seriam todos seus amigos íntimos...

Não haveria salvação...

Não haveria misericórdia...

Não haveria perdão...

E nós estaríamos ferrados!



***(Se você acha que faltou algo na lista, acrescente nos comentários).




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual a sua opinião sobre este artigo? Comente a vontade!