8 de ago de 2012

B de Brasil, Bunda e Bundões!

por Mateus Goethel Cesimbra







Este é o nosso Brasil, terra maravilhosa, cheia de graça. Falando em Brasil, não há como deixar de falar em bunda, afinal é a preferência nacional! Aqui temos bundas de todos os tipos, tamanhos e moldes... Que abundância! Nosso país já exporta bunda, sabia disso? É verdade, tem cirurgião plástico mundo a fora imitando e colocando nossas bundas nos gringos. Incrível né?!

Com tanta bunda assim, não é de se admirar que já nem pensemos mais com o cérebro e sim com a bunda. Em um país tão abundante, basta ter uma boa de uma bunda, saber rebolar e feito... É sucesso na certa! Bem que poderíamos ter uma faculdade de “Bundologia” no Brasil, seria um “bundalêlê” danado. Imaginem o primeiro país a ensinar a arte da bunda. Gretchen poderia ser a Reitora, afinal é uma sábia mulher no ensino das atribuições “bundásticas”. Claro que não podemos esquecer as mulheres frutas... É tanta bunda que nem sobra espaço para pensar. Mas também, pensar pra que? Afinal a bunda por si só já esta na mente desta nação. Para que se preocupar com as mazelas nacionais, se afinal somos os pioneiros da bunda? O triste é que vejo tanta gente perdendo tempo com faculdade, cursinho de idiomas, cursinho disso e daquilo... O negócio é valorizar a bunda, chega dessa coisa intelectual! Nosso Brasil já tem tantas “heroínas” que mostraram e ainda mostram que estudar é para os fracos, e que coragem mesmo é descer até o chão. Está na hora de se espelhar nesses belos exemplos.

Com tanta bunda, podemos dizer que o brasileiro é um verdadeiro bundão. Pensa em bunda, olha a bunda, pega na bunda, e assim vai indo... Enquanto isso os políticos roubam, corrompem a nação, e as crianças se criam erotizadas pela cultura da bunda, afinal filhas de bundões devem valorizar a bunda.  

Agora falando sério, é triste ver o rumo no qual estamos indo. Ao ligar TV vemos sem nenhuma restrição o apelo sexual. As crianças já nascem rebolando. Os heróis da nação acabam sendo aquelas meninas que andaram seminuas nos realitys shows e depois posam nuas nas revistas, ou então os saradões que nem sabem ler. Educação no Brasil é fachada, pois o que temos aqui é a supremacia da decadência moral, afinal enquanto se valoriza as bundas, o país vai se deteriorando, formando jovens fúteis que não valorizam o conhecimento. Enquanto tivermos a mídia porca que enaltece músicas, novelas e filmes apelativos, jamais teremos uma cultura que preze pelo conhecimento e pela ciência.

Temos que acordar e não nos conformar com essa verdadeira abundância no Brasil. Voltemos a prezar pela Educação, e assim construiremos um futuro mais descente para todos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual a sua opinião sobre este artigo? Comente a vontade!